Agora: Comunidade Chimarreando Com: Rosana Dallagnol Agora: Comunidade Chimarreando Com: Rosana Dallagnol

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

MAU USO DE AGROTÓXICOS CAUSA MORTANDADE DE ABELHAS NO ALTO URUGUAI

Data da Noticia 20/07/2022

Conforme atendimentos demandados em alguns municípios do Alto Uruguai em junho e julho deste ano, foi possível constatar, o que já é rotina, ou seja, ocorre todos os anos, de mortandades significativas de colmeias na nossa região. Neste período já foi possível constatar em algumas vistorias a campo, realizadas em 3 municípios, mais de 50 colmeias de abelhas e mais de 30 de mini abelhas (mirim) dizimadas pelo mau uso de agrotóxicos. 

Nestas vistorias foi possível relacionar três situações deste mau uso, sendo: 

1 – Aplicação de agrotóxicos não recomendados, em controle de pragas de inverno em videiras. Produto este, a base do princípio ativo FIPRONIL, que mesmo controlando a devida praga, o mesmo somente é recomendado para tratamento de sementes, sem nenhuma recomendação para a cultura da videira; 

2 – Uso de inseticidas a base de FIPRONIL, para controle de insetos em culturas de inverno e verão em fase de floração; 

3 – Uso de herbicidas à base do princípio ativo 2,4D na limpeza de potreiros ou lavouras, em proximidades de colmeias. Este, por ser um herbicida não mata diretamente as abelhas, mas causa desorientação na mesmas, as quais não encontra mais sua colmeia. Acabam morrendo e sem levar o alimento para a colmeia.

A estação do inverno é bastante delicada, devido à redução nas floradas nativas e ao consequente enfraquecimento natural das colmeias. Neste sentido qualquer adversidade afeta fortemente a população das abelhas e mirins.  

Neste sentido, orientamos os agricultores e comerciantes, de um modo geral, para que tenham mais cuidado por ocasião da venda ou compra de inseticidas com FIPRONIL em sua formulação, ou herbicidas à base de 2,4D. Em caso de dúvidas, procure orientações no Escritório Municial da EMATER do seu município. A Emater inclusive está apta a desenvolver junto com parcerias as devidas CAPACITAÇÕES para a utilização correta de agrotóxicos.



Todas imagens
  • Autor: Engº Agrº Msc. Valdir Pedro Zonin
  • Imagens: Acervo Pessoal

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!